TRATAMENTO ECOLÓGICO ATRAVÉS
DOS WETLANDS SUB-SUPERFICIAIS

PRINCIPIO DE FUNCIONAMENTO

—————–

Os WETLANDS são sistemas de purificação naturais constituídos por lagoas ou canais superficiais, cheios de cascalho e areia, onde a vegetação aquática é plantada. Nesses sistemas, os processos de descontaminação ocorrem através da interação que ocorre entre a água, enchimentos filtrantes, microorganismos e vegetação.

CARACTERÍSTICAS


Nos Wetlands de sub-superficie, a circulação de água é de tipo subterrâneo, através de um meio granular e em contato com as raízes e rizomas das plantas. A profundidade da folha de água é geralmente entre 0,3 e 0,9 m. O biofilme que cresce aderiu ao meio granular e as raízes e rizomas das plantas desempenha um papel fundamental nos processos de descontaminação da água.


Os Wetlands sub-superficiale são classificadas de acordo com a direção
da circulação de água em Wetlands horizontais ou verticais.

WETLAND SUB-SUPERFICIAL DE FLUXO HORIZONTAL

Neste tipo de sistemas, a água circula horizontalmente através do meio granular e dos rizomas e raízes das plantas. A profundidade da água está entre 0,3 e 0,9 m. Eles são caracterizados pelo funcionamento inundado permanentemente (a água está entre 0,05 e 0,1 m abaixo da superfície) e com cargas de cerca de 6 g DB0 / m2 / dia.

WETLAND SUB-SUPERFICIAL DE FLUXO VERTICAL

Este tipo de Wetland foi desenvolvido como uma alternativa àos Wetlands horizontais para produzir efluentes nitrificados. Em geral, os sistemas verticais são combinados com sistemas horizontais para que os processos de nitrificação e desnitrificação ocorram de forma progressiva, eliminando assim o nitrogênio. A circulação da água é do tipo vertical e ocorre em pulsos, de modo que o meio granular não é inundado permanentemente. A profundidade do meio granular é entre 0,5 e 0,8 e eles operam com cargas de cerca de 20 g DB0 / m2 dia.

Os sistemas verticais têm uma maior capacidade de tratamento que as horizontais (requerem menos superfície para tratar uma determinada carga orgânica). Por outro lado, eles são mais suscetíveis ao entupimento.

BENEFÍCIOS

Os Wetlands Sub-superficiais são os sistemas
ecológicos de tratamento de águas residuais.

  • BAIXOS CUSTOS DE OPERAÇÃO.
  • OPERAÇAO E MANUTENÇÃO SIMPLES.
  • NÃO REQUER REAGENTES QUÍMICOS.
  • BAIXA GERAÇÃO DE LODO.
  • CONSTRUÇÃO SIMPLE.

APLICAÇÕES

Aplicações para este tipo de
lantas de tratamento de águas residuais:

  • NUCLEOS URBANOS, ATÉ 10.000 HABITANTES
  • HOTEIS, RESORTS E OUTROS COMPLEXOS TURÍSTICOS.
  • PEQUENAS INDUSTRIAS AGRO-ALIMENTARES.

SOLUÇÕES ECOLÓGICAS BIDATEK

BIDATEK oferece serviços de engenharia
para a conceção de estações de tratamento equipadas com:

  • Wetlans de fluxo vertical.
  • Wetland de fluxo horizontal.
BIDATEK oferece os serviços de construção deste tipo de estações de tratamento. Como uma empresa especializada em tratamentos através de sistemas naturais, podemos oferecer serviços especializados de:
  • Execução dos receptáculos dos Wetlands, escavação no campo ou gabions.
  • Instalação de diferentes soluções de impermeabilização para Wetlands, de PEAD, PVC ou folhas EPDM e geotextiles de polipropileno ou poliéster.
  • Colocação de enchimentos de drenagem, cascalho de diferentes granulometrias, células plásticas, escórias, etc.
  • Instalação de elementos de ventilação.
  • Instalação da rede de distribuição e distribuição de água.
  • Instalação da rede de regulação e evacuação de água.
Além disso, a BIDATEK realiza a posta em funcionamento e treinamento dos operadores deste tipo de instalações.
humedales1

Wetland construido
con gabions.

humedales2

Instalação de PEAD.

humedales3

Wetland construido em concreto.

humedales4

Tratamento de águas industriais.

humedales5
humedales6

OUTRAS TECNOLOGÍAS NATURAIS
PARA O TRATAMIENTO DAS ÁGUAS:

  • Tratamento com lagoas anaerobicas e/ou facultativas.
  • Estações com lagoas facultativas e maduraçao.
  • Vermifiltros.